Como abrir conta em um banco francês sendo estudante?

Se você vem pra França para estudar por um longo período (mais de 6 meses, eu diria), inevitavelmente você vai acabar precisando abrir conta em um banco francês. E isso pode ser uma dor de cabeça por si só.

Banco com horário marcado

Diferente da maioria bancos mais populares no Brasil, os bancos na França atendem os clientes com horário marcado. Isso quer dizer que dificilmente vai funcionar se você for direto no banco tentar abrir sua conta. Por isso, depois de escolher o banco no qual você vai abrir conta, você vai precisar ligar ou acessar o site para marcar um rendez-vous.

Renda mínima para abrir conta

Outra dificuldade muito comum é a necessidade de ter uma renda fixa mínima para conseguir abrir conta em um banco. Mesmo os bancos pela internet exigem um comprovante de renda para liberar a abertura de uma conta online. Dessa forma, as opções para os estudantes (principalmente os estudantes sem bolsa de estudo) são reduzidas.

Taxa de Manutenção

Dentre as opções disponíveis, eu acabei conseguindo abrir minha conta no Societé Generale. Mesmo existindo uma taxa de manutenção mensal, por ser jovem e estudante eles oferecem 50% de desconto, e assim, o valor de manutenção da conta fica em torno de 4 euros por mês.

Documentos Necessários

Normalmente antes do rendez-vous, o banco envia uma lista de documentos necessários para abrir a conta, evitando assim várias idas no banco apenas para finalizar o processo.  Os documentos são:

  • Documento de identidade ( no caso passaporte)
  • Comprovante de domicilio recente (fatura de eletricidade, gas, telefone fixo, recibo de aluguel, contrato de locação)
  • No caso de estudante, eu indico também o comprovante de inscrição na faculdade.

Correio

Alguns dias depois do processo de abertura de conta, você recebe diferentes cartas pelo correio: uma com a senha da internet, outra com a senha do cartão e depois uma carta avisando que o cartão está disponível na agência. Isso eu nao sei se é padrão em toda França, mas aqui o cartão nunca é enviado pelo correio. Nós devemos buscar na agencia para assinar a recepção do mesmo.

A importância do cheque

Outra dica importante é pedir também a opção de cheque. Pode parecer um pouco antigo, mas acredite em mim, você vai chegar em situações onde a única forma de pagamento que aceitam é cheque, geralmente para utilizar como caução. Eu nunca tinha usado cheque na minha vida no Brasil, mas aqui ele é indispensável.

O banco online

O N26 permite que você abra uma conta, sem nenhuma taxa de manutenção e que te dá o direito a um cartão de débito.
O N26 permite que você abra uma conta, sem nenhuma taxa de manutenção e que te dá o direito a um cartão de débito.

Como esse processo é um pouco longo e chatinho, alguns estudantes preferem abrir uma conta em um banco online, e o N26 permite que você abra uma conta, sem nenhuma taxa de manutenção e que te dá o direito a um cartão de débito. Esse foi o primeiro cartão que eu fiz quando cheguei porque realmente quebra um galho. Você faz todo o processo pelo aplicativo e ele funciona superbem. O único porém dele é que, se você for querer pedir o auxílio-moradia da CAF mais tarde, ele não é aceito pelo sistema. Eles exigem uma conta francesa (e o N26 é alemão).

Resumindo, o processo é um pouco burocrático, mas não é um pesadelo. É só ter um pouco de paciência que da certo.

Deixe uma resposta